Dorival Júnior pode mandar 2 atacantes embora do São Paulo

Depois da vitória por 1 a 0 contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, o São Paulo oficialmente garantiu sua permanência na Série A, única preocupação do torcedor tricolor nas últimas semanas. Agora, a diretoria terá mais tranquilidade para focar no planejamento para 2024.

A ideia é reforçar a equipe com algumas contratações pontuais, mas sempre respeitando o orçamento do clube, que mesmo com o título da Copa do Brasil e vaga na Libertadores, ainda não é dos melhores.

Além da renovação de Lucas Moura, prioridade máxima, o São Paulo quer definir a situação de outros atacantes do time: Erison e David. Ambos possuem contratos até o final deste ano, e possuem futuro indefinido.

David chegou ao Morumbi após pedido de Rogério Ceni, então técnico na época. Ele veio emprestado do Internacional, e se tornou uma peça importante na equipe, mesmo após Dorival assumir.

Erison se destacou na temporada passada pelo Botafogo, e com o SPFC precisando de um centroavante para fazer um sombra a Calleri, também foi contratado por empréstimo. Contudo, ambos cotados não renderam o esperado até então.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comissão técnica deve analisar dupla e definir o futuro dos jogadores

Segundo informações divulgadas pelo jornalista André Hernan, Erison e David serão avaliados de forma definitiva por Dorival Júnior no final do Campeonato Brasileiro. Dependendo do veredito do treinador e de sua comissão, podem acabar dispensados. 

Caso o treinador julgue que ambos (ou somente um deles) podem acabar sendo importantes para 2024, o São Paulo pode abrir novas conversas com o Inter e o Botafogo. Contudo, a situação é complicada, uma vez que os dois clubes não querem emprestá-los novamente, e pedem uma fortuna para uma venda em definitivo.