Dorival Júnior está sendo processado na Justiça

No último domingo (6), o São Paulo anunciou, através do site e das redes sociais, a saída de Dorival Júnior do comando da equipe. O treinador de 61 anos de idade aceitou o convite da CBF e será o novo comandante da Seleção Brasileira.

Dorival deixa o São Paulo no início da pré-temporada com a sensação de dever cumprido. Ele assumiu em abril do ano passado, resgatou a confiança da equipe e conquistou a Copa do Brasil, título inédito na vasta galeria de troféus do Tricolor.

Apesar disso, o treinador convive com problemas na Justiça de São Paulo. De acordo com o portal Metrópoles, ele possui uma dívida avaliada em R$ 600 de IPTU, em uma ação da prefeitura de Araraquara (SP), em setembro.

Ainda segundo a fonte citada, a prefeitura solicitou para que ele efetuasse o pagamento em, no máximo, cinco dias. Caso a dívida não fosse quitada, a penhora do valor iria ser requerida. Em setembro, o juiz responsável pelo caso aceitou o pedido e ordenou que Dorival recebesse uma notificação oficial sobre a ação.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por sinal, a Justiça tentou contato com Dorival Júnior em três oportunidades, e em todas não obteve resposta. A última delas ocorreu em outubro do ano passado, e o processo segue aberto. 

Enquanto isso,Dorival Júnior será apresentado como novo treinador da Seleção Brasileira nesta quarta-feira (10), em cerimônia realizada por Ednaldo Rodrigues, atual presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).