Dorival DIZ NÃO e São Paulo desiste de contratação de R$ 16 milhões

Classificado à final da Copa do Brasil após 23 anos de espera, o São Paulo vive um ótimo momento nesta altura da temporada. Por sinal, é o único time brasileir vivo em três competições, estando em 10° no Campeonato Brasileiro e nas quartas de final da Copa Sul-Americana.

Mesmo focado no presente, a diretoria já começa a pensar no futuro do elenco, que deve contar com algumas modificações. Há algumas semanas, o jornalista Felipe Silva, do portal IG, deu uma informação importante sobre Marcos Paulo.

O meia-atacante, que chegou ao Tricolor no começo deste ano,  não está entre os preferidos de Dorival Júnior, e deve ir embora do Morumbi em dezembro, data de encerramento de seu contrato de empréstimo. Ele será devolvido ao Atlético de Madrid, e provavelmente será emprestado novamente a outra equipe.

Vale destacar que o jogador se envolveu em uma briga com Rogério Ceni, antecessor de Dorival. Ele estava irritado pela falta de oportunidades, e chegou a fazer posts polêmicos em suas redes sociais, que não agradaram o então treinador.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Tricolor descarta negócio e deverá focar em outras posições no mercado

Nesta terça-feira (22), o jornalista André Hernan publicou, em seu canal do Youtube, uma informação que o SPFC não deverá exercer a opção de compra de Marcos Paulo, avaliada em 3 milhões de euros (cerca de R$ 16 milhões na cotação atual).

Dorival Júnior acredita que a posição está bem reforçada após as chegadas de Lucas Moura e James Rodríguez, além de Erick, que se apresentará em janeiro de 2024.

Desde o começo da temporada no São Paulo, Marcos Paulo disputou o total de 29 duelos, marcando quatro gols e distribuindo duas assistências. Ele até chegou a ser utilizado por Dorival no começo da passagem do treinador, mas depois foi “esquecido”. Possui contrato com o Atlético de Madrid até 2026.