Donos de R$ 46 bilhões fazem oferta ao São Paulo que analisa negócio

Um dos clubes mais tradicionais do futebol brasileiro, o Vasco da Gama busca reviver seus momentos de glória após acumular seguidos rebaixamentos para a Série B do Campeonato Brasileiro nas últimas décadas. Para isso, o clube carioca fechou a venda de sua SAF para a empresa norte-americana 777 Partners.

No acordo, a nova “dona” do Vasco topou investir R$ 700 milhões para comprar 70% da sociedade anônima em fevereiro de 2022. Desde então, o Cruz-Maltino tem buscado se reerguer com grandes contratações, buscando novamente brigar por títulos. Além disso, a 777 Partners tem influenciado também nos bastidores do clube.

Nesta semana, por exemplo, o Vasco mostrou forças ao apresentar o seu projeto para garantir a licitação do Estádio do Maracanã, atualmente sob gestão dos rivais Flamengo e Fluminense. Para melhorar sua proposta, o clube chegou a conta com a “ajuda” de Brusque e Santos, que toparam mandar jogos no local caso o Vasco leve a melhor.

E o mesmo pode acontecer com o São Paulo. De acordo com o portal Atenção Vascainos, o Tricolor poderá utilizar o histórico estádio carioca enquanto o MorumBIS estiver em obras. A possibilidade ainda tem encontrado resistência são-paulina, visto a distância com o Rio de Janeiro, mas é uma realidade nos bastidores.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

De início, o São Paulo dará prioridade para estádios paulistas. O Pacaembu, que deve ser entregue ainda este ano, é o provável destino do clube enquanto as reformas do MorumBIS se iniciarem. Ainda existe a possibilidade do Tricolor atuar no interior do estado.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.