Dirigente do São Paulo não se cala sobre a rescisão de James Rodríguez

Considerado por muitos como a grande contratação do futebol brasileiro para a temporada de 2023, o meia James Rodríguez ainda não emplacou dentro do São Paulo. Chegando ao clube em agosto longe de sua melhor forma física, o colombiano acumulou apenas 14 partidas desde então e pouco apareceu no time titular de Dorival Jr.

A situação, é claro, virou pauta na imprensa. Para piorar, o próprio James concedeu entrevista exclusiva para o repórter Renato Peters, da TV Globo, onde deixou seu futuro em aberto ao afirmar que o “futebol muda muito rápido”: “Nunca gostei de falar sobre futuro. Gosto de falar do presente. Não sei o que vai acontecer em 2024”.

Lucas James
Lucas Moura e James Rodríguez se apresentaram no Morumbi — Foto: Marcos Ribolli

A fala virou os bastidores são-paulinos de cabeça para baixo no último mês. Mas Carlos Belmonte, atual diretor de futebol do clube, tratou de encerrar as especulações em entrevista ao jornalista Alexandre Zanquetta, do portal Blog do São Paulo. Segundo ele, a saída do meia sequer foi cogitada dentro da alta cúpula da diretoria.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Nesse momento, não tem nada sobre rescisão do James. Sempre teve comportamento exemplar, mas o que ele quer é ser titular. Por enquanto garanto que não tivemos nenhum problema. Agora vamos esperar durante a temporada, caso ele não tiver jogando ele pode não querer continuar, mas isso vamos sentindo no dia a dia”, disse.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.