Dirigente do Corinthians torce para o São Paulo

O ex-diretor do Corinthians Rubens Gomes, conhecido como Rubão, foi demitido recentemente e resolveu jogar “lenha na fogueira” na situação política do clube. Em entrevista ao programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta, concedida neste domingo (5), ele falou sobre sua saída do clube e acordo de patrocínios.

Outro assunto que repercutiu bastante nas redes sociais foi em relação a um possível diretor do Alvinegro que é torcedor do São Paulo. Rubão comentou sobre a escolha do profissional e como poderia afetar na situação do clube.

“Quando você põe uma pessoa para lidar com a marca Corinthians, que não sabe o que é Corinthians, fica difícil. Você pega um cara que vem do Morumbi para tratar do marketing do Corinthians, uma responsabilidade do tamanho de um bonde… que tinha uma empresa pequena. O cara fica aterrorizado. Então, nós temos cinco espaços na camisa, e a única coisa que ele trouxe foi essa (empresa) aí para receber a comissão da Vai de Bet”, iniciou.

No caso, o profissional citado seria Sérgio Moura, atual superintendente de marketing do Corinthians, que supostamente seria são-paulino. Quando questionado se havia algum problema em um diretor que torce para um rival, Rubão deu sua visão sobre o assunto.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Se ele fosse só são paulino, estava bom. Ele é envolvido na política de São Paulo. Ele fez a campanha do Carlos Miguel Aidar. O Aidar saiu (da presidência do São Paulo) por suspeita de corrupção”, prosseguiu.

Em setembro de 2021, o Ministério Público de São Paulo abriu denúncia contra Carlos Miguel Aidar (ex-presidente do SPFC) e outros cartolas por fraude e lavagem de dinheiro entre 2014 e 2015, anos em que esteve no poder do clube. Foi absolvido em 2022