Dirigente da CBF elege maior promessa do Brasil desde Neymar

Cria das divisões de base do Santos e alçado aos profissionais do time da Vila Belmiro na temporada de 2009, Neymar da Silva Santos Júnior assombrou o futebol brasileiro em pouquíssimo tempo. Dono de dribles desconcertantes, uma ousadia ímpar e muitos gols, o então jovem astro virou estrela do Peixe e da Seleção.

Hoje defendendo as cores do Al-Hilal, após passagens vitoriosas por Barcelona e Paris Saint-Germain, Neymar virou assunto durante entrevista do tetracampeão Branco ao Canal Wamo, no YouTube. Para o agora coordenador de base da Seleção Brasileira masculina, o Brasil tem um “novo Neymar”: Estêvão, do Palmeiras.

Sem medo de ser feliz, Branco afirmou que a joia palmeirense é diferente dos demais e que “o sarrafo dele é um pouco mais alto”. O dirigente ainda revelou que o nome do jogador, dono de 21 jogos no ano, já é debatido dentro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), visando principalmente a Copa do Mundo de 2030.

“Nós projetamos a base do Brasil até a Copa de 2030. Para mim, eu vi tantos… o Estêvão, com todo o respeito a todos os outros, depois do Neymar é o maior jogador que vi nascer no Brasil. Os outros são espetaculares, fenomenais… É uma opinião minha. Respeito todos, mas esse menino o sarrafo dele é um pouco mais alto”, afirmou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.