Direção do São Paulo discute cobranças feita por Rogério Ceni

0

Ídolo do clube e com um bom crédito para exigir mudanças internas no São Paulo, Rogério Ceni vem falando abertamente em entrevistas a situação do Tricolor.

Desde a piscina sem água, até a venda de atletas por valores medíocres, o técnico vem mudando diretamente o roteiro da história do time na temporada, internamente e externamente.

O técnico assumiu recentemente que tem um bom relacionamento com a diretoria, diferente do que era especulados pela imprensa no início de seu trabalho.

A diretoria essa, que busca atender aos pedidos e cobranças de Ceni, porém, estabelece limites ao treinador.

O profissionalismo e amor de Rogério pelo clube permite o tipo de cobrança que Ceni faz, mas o treinador entende as decisões a ser feitas pela diretoria.

Ceni pede para que o São Paulo não venda dois jogadores

Na última coletiva de Ceni, após o Majestoso contra o Corinthians, o treinador comentou novamente sobre as vendas de jogadores.

Após exigir que o clube venda atletas a partir de 10 milhões de euros, o técnico disse como seria difícil perder peças de criatividade no meio campo, como Igor Gomes e Nestor.

Rogério Ceni entende que vendas são necessárias e muito pelo que ambos os jovens vem apresentando, a tendência é que sejam eles os mais visados pelo mercado europeu. Porém, o clube precisa de peças de reposição, que no momento, são escassas no elenco.

Nestor e Igor Gomes recentemente foram sondados pelo Botafogo e pelo Dynamo Kiev, mas o Tricolor melou o negócio, visto valores baixos e importância dos jogadores no elenco.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino e siga o melhor site sobre o Tricolor no Instagram.

- Publicidade -