Diego Ribas se declara torcedor do São Paulo

Diego Ribas anunciou sua aposentadoria dos gramados recentemente, e já foi contratado para ser o mais novo comentarista do Grupo Globo, se juntando a diversos outros jogadores que trabalham na emissora.

Diego foi revelado pelo Santos, e logo chamou a atenção de clubes da Europa. Acumula passagens pelo Porto, Juventus, Atlético de Madrid, entre outros grandes. Voltou ao Brasil para defender o Flamengo, clube no qual se tornou ídolo.

Apesar disso, o ex-mie revelou que era torcedor de outra equipe quando era criança. Trata-se do São Paulo. Em entrevista ao ‘Podpah’, ele revelou que além de torcer para o Tricolor, realizou alguns testes nas categorias de base de Cotia, mas não permaneceu por conta da distância da família.

“Aos 11 anos, era são-paulino, naquela época de Raí, Muller e tudo. Aí fui fazer teste no São Paulo, passei, mas não consegui ficar, lidar com essa situação de morar longe da minha família, dos meus amigos, da minha cidade. Peguei e vim embora para Ribeirão Preto”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Apesar da frustração, ele não desistiu da carreira como jogador, se motivando cada vez mais. Ele aproveitou a oportunidade dada pelo Santos, morou na Vila Belmiro e construiu uma grande carreira.

“Depois que voltei, pensei: fico chutando a bola na parede, falando que sou o Raí, mas para viver meu sonho vou ter que enfrentar. Meses depois, continuo jogando e vem o convite do Santos. Um amigo meu foi para lá, aí o pai dele falou de mim. Fui meio ressabiado, mas me receberam bem para caramba, treinador foi fera demais, aí morei debaixo da arquibancada da Vila Belmiro”, disse.

Diego “traiu” clube do coração e pisou no escudo no Morumbi

Apesar de ter se declarado ao São Paulo, Diego Ribas não atrai a simpatia dos torcedores são-paulinos. O fato se deve a ele ter pisado no escudo do clube após comemoração de gol no Morumbi, no clássico contra o Santos. A atitude é lembrada de maneira frequente até os dias de hoje.