Di María vai anunciar a aposentadoria no sábado (13)

LONDON, ENGLAND - JUNE 01: Angel Di Maria of Argentina celebrates scoring a goal to make the score 0-2 during the 2022 Finalissima match between Italy and Argentina at Wembley Stadium on June 1, 2022 in London, England. (Photo by Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images)

Campeão do Mundial disputado no Catar em 2022, o meia Ángel Di María se tornou um símbolo para a geração argentina. O jogador de 36 anos de idade realizou o sonho dos compatriotas e ergueu o título mais importante do futebol. Contudo, toda história tem um fim.

Em outubro do ano passado, Di María revelou que planejava se aposentar da seleção argentina depois da Copa América. Em entrevista  à rádio argentina Urbana Play FM, ele admitiu que não jogará mais pelo seu país e descartou atuar na Copa do Mundo de 2026, que será disputada nos Estados Unidos, México e Canadá.

“Vou jogar a Copa América e depois tudo se termina. Será meu último torneio. Vim ao Benfica e o clube me dá a possibilidade de seguir atuando pela seleção, de seguir me apresentando em bom nível, e hoje eu gostaria de estar na próxima Copa América, comentou o meia.

E nada melhor do que se despedir vencendo mais uma edição do torneio. Depois de vencer o Canadá por 2 a 0, a equipe comandada pelo técnico Lionel Scaloni enfrenta o vencedor de Uruguai e Argentina na final, marcada para este domingo (14).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Estou fazendo todo o possível por estar em um grande clube, e venho correspondendo sempre que sou chamado pela seleção. Tomara que eu possa estar na Copa América, e, como eu disse, essa será minha última (competição)”, comentou na época.

Vale lembrar que Di María venceu a Copa América de 2021 com a Argentina, batendo o Brasil por 1 a 0, em pleno Maracanã. Além do Mundial de 2022, bateu a Itália na disputa pela Finalíssima.