Di María surpreende e anuncia aposentadoria

Especulado no São Paulo no começo do ano, o meia Ángel Di María está em busca de mais um título pela seleção argentina, que por sinal, pode ser o último. Isso porque pode ser a última competição do jogador vestindo as cores de seu país.

Aos 36 anos, Di María já admitiu publicamente que a Copa América será a sua “última dança” com a Argentina. O jogador deve anunciar aposentadoria da seleção e focar apenas nas competições por clubes. 

O jogador é tratado como um dos maiores nomes argentinos dos últimos anos. Sempre constante, atuou pelos maiores clubes do mundo, como Real Madrid, Manchester United, Juventus, Benfica e Paris Saint-Germain. 

Como se não bastasse, marcou o gol do título da última Copa América para a Argentina, que derrotou justamente o Brasil na final, em pleno Maracanã. Também deixou o dele na decisão da Copa do Mundo de 2022 contra a França.  Para completar, também balançou as redes na Finalíssima, decisão entre os campeões da Eurocopa  e da Copa América. Os argentinos venceram a Itália por 3 a 0.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Di María acumula mais de 300 partidas com a seleção da Argentina. Além da Copa América, Copa do Mundo e Finalíssima, conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 2008.

Suárez também pode dar adeus ao Uruguai

Outro que pode anunciar a aposentadoria de seu país é o uruguaio Luis Suárez. O atleta de 37 anos já havia dito que não defenderia mais as cores da Celeste após a última Copa América, mas optou por retornar para esta edição da competição.  

Ele é o maior artilheiro da história do Uruguai e chegou muito perto de chegar à final da Copa do Mundo de 2010, quando a Celeste foi eliminada pela Holanda na semifinal. Apesar disso, conquistou a Copa América no mês seguinte.