Deu no Globo Esporte: Abel Ferreira quer ver dirigente do São Paulo punido

No último domingo (3), clima ficou pesado no MorumBis após o empate em 1 a 1 entre São Paulo e Palmeiras. Inconformado com a atuação da arbitragem, o diretor de futebol do Tricolor criticou os juízes, e chamou o técnico Abel Ferreira de  “português de m…”. O treinador ainda não disse nada sobre o assunto, mas segundo informações divulgadas pelo Globo Esporte, ele quer que o cartola são-paulino seja punido.

Na última terça-feira (5), a presidente do Palmeiras, Leila Pereira, disse que as palavras de Belmonte foram xenofóbicas, e que ele é uma persona non grata no Allianz Parque.  Em nota de resposta, o mandatário do SPFC, Julio Casares, citou que Abel também já errou e não foi punido.

“Repudio quem maltrata jornalista retirando seu instrumento de trabalho das mãos, quem chuta microfone, quem peita jogador do time adversário mesmo não sendo atleta”, disse o presidente.

Ainda de acordo com o Globo Esporte, Abel entende que já foi punido por esses casos e quer que Belmonte sofra alguma punição. Por sinal, a diretoria palmeirense está esperando a decisão do português para entrar com uma ação na Justiça contra o dirigente tricolor. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“O Abel eu tenho certeza que fica muito chateado (com os xingamentos), mas fica tranquilo, porque sabe que o Palmeiras está ao lado dele, dá todo apoio que ele precise e a gente respeita o caminho que o Abel quiser traçar. Se ele falar: ‘Palmeiras, quero processar o diretor de futebol’. Processaremos. ‘Não quero fazer nada’. Não faremos. O que cabe ao Abel, a gente respeita a decisão do treinador”, disse Leila, ao ge.

Leila diz que clubes tem inveja de Abel

Por fim, Leila Pereira afirmou que as atitudes contra o treinador do Palmeiras são atos de inveja por conta de seu sucesso no comando do clube. Desde 2020 no Brasil, o comandante acumulou os mais diversos títulos em sua galeria.

“No fundo eu acho que tudo é despeito, inveja do trabalho ímpar do Abel aqui no Brasil. Tenho orgulho imenso, poder contar com o Abel por tanto tempo vou ser candidata à reeleição e se for reeleita meu trabalho vai ser manter o Abel até o último dia do meu mandato”, disse.