Deu na ESPN: Carpini vai sair do São Paulo mesmo após a vitória?

Nesta quarta-feira (10), o São Paulo venceu o Cobresal por 2 a 0, no MorumBis, e respirou aliviado nesta fase de grupos da Libertadores. O resultado positivo garantiu a continuidade do técnico Thiago Carpini, que provavelmente seria demitido em caso de tropeço.

Vale lembrar que o Tricolor perdeu por 2 a 1 para o Talleres, em Córdoba, na Argentina, na estreia do torneio sul-americano. O tropeço colocou ainda mais pressão em cima do treinador de 39 anos, que já estava sendo criticado após a eliminação precoce no Campeonato Paulista.

De acordo com informações divulgadas pela ESPN, uma das principais razões pela não demissão de Carini é o respaldo e apoio do elenco. Por sinal, antes mesmo da bola rolar contra o Cobresal, alguns nomes pediram à diretoria para que ele fosse mantido.

Não é à toa que alguns jogadores falaram com a imprensa após a partida e defenderam o treinador publicamente. Por sinal, foram nomes importantes do time como o goleiro Rafael, o meia James Rodríguez e o atacante Jonathan Calleri.

“Se fala que os líderes são os únicos bancando o treinador. Não vi nenhum jogador que tire treinador. Joguei no sacrifício por Rogério, joguei no sacrifício por Dorival e vou jogar e seguir jogando no sacrifício enquanto puder por qualquer treinador. A confiança que ele (Carpini) tem na gente é a mesma que hoje estamos tentando dar para ele”, falou o argentino.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Com o apoio do elenco, vitória contra o Fortaleza deve garantir tranquilidade a Carpini

O São Paulo volta a campo neste sábado (13), às 21h (de Brasília), diante do Fortaleza, em casa, pela estreia no Campeonato Brasileiro. Uma nova vitória deve acalmar ainda mais os ânimos no MorumBis.

“Quando você está em um time grande, sempre tem muita pressão. Ele é jovem, mas trabalha bem e estamos fechados com ele”, disse James Rodríguez, assim como Rafael, que pediu paciência ao treinador.

“O torcedor tem que ter essa paciência, ele (Carpini) tem nos motivado sempre. É claro que, em um jogo como esse, a ansiedade com o tempo passando vai aumentando, mas o nosso grupo é muito bom. Demonstramos isso mais uma vez, e tenho certeza que a gente continuando esse trabalho, o torcedor vai estar com a gente nos apoiando o tempo inteiro”, completou o goleiro.