Deu na Band: Carpini vai ser demitido se perder pro Cobresal?

Contratado em janeiro deste ano para o lugar de Dorival Jr., agora comandante da Seleção Brasileira, o técnico Thiago Carpini vive dias decisivos dentro do São Paulo. Eliminado precocemente dentro do Campeonato Brasileiro e derrotado na estreia da Libertadores, o jovem treinador corre sérios riscos de demissão nesta semana.

Ao menos é o que garante o jornalista Paulo do Valle, da Rádio Bandeirantes. Segundo ele, Carpini não permanecerá no comando técnico do São Paulo caso a equipe não conquiste uma boa vitória sobre o Cobresal, do Chile, nesta quarta-feira (10), pela 2ª rodada da fase de grupos do torneio continental, grande sonho da diretoria.

A notícia boa para Carpini e sua comissão é de que o adversário sequer venceu na atual temporada. Em oito jogos disputados no ano, o Cobresal soma três empates e cinco derrotas, se colocando como o time mais acessível do Grupo B. Na rodada inaugural, os chilenos até conseguiram surpreender ao empatar com o Barcelona.

Sonhando com o tetracampeonato da Libertadores, o São Paulo precisará de uma vitória no Estádio do MorumBis para somar seus primeiros pontos no torneio e dormir na zona de classificação para a próxima fase. Atualmente, o Tricolor é o lanterninha da chave, que conta com o Talleres, da Argentina, na liderança.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Derrotado na última semana, Carpini chegou ao seu 15º jogo à frente do São Paulo. Até aqui, são seis vitórias, seis empates e três derrotas, um aproveitamento de 53,33% em pontos conquistados. O ponto alto de seu trabalho foi ter quebrado o jejum são-paulino na Neo Química Arena e ter superado o Palmeiras na Supercopa.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.