Depois de 10 anos, Santos termina de pagar contratação de atacante

Mesmo longe do Santos desde 2014, o nome de Leandro Damião continua movimentando os bastidores do clube. Nesta quarta-feira (04), o Peixe enfim quitou a dívida contraída junta à empresa Doyen Sports pela contratação do atacante revelado pelo Internacional. Ao todo, estima-se que o negócio tenha custado incríveis R$ 384,7 milhões.

Segundo um documento produzido pelo Grupo de Avaliação de Riscos e Perdas do Santos, o clube desembolsou tal valor entre 2013 e 2019 para o fundo de investimentos, responsável pela contratação de Damião. O valor inicial da transação, estipulado em 13 milhões de euros, saltou para 18 milhões ainda em fevereiro de 2014.

A passagem de Damião pela Vila Belmiro, no entanto, decepcionou dentro de campo. Foram apenas 11 gols em 44 partidas disputadas em sua primeira e única temporada pelo clube. Em litígio por conta de atrasos salariais, o atacante conseguiu a quebra do contrato na Justiça e provocou uma grande dor de cabeça ao Peixe.

Além de perder o atleta, o clube foi condenado a ressarcir o fundo de investimentos em 18 milhões de euros. Porém, o valor ganhou robustos juros e chegou até 27 milhões de euros no período. Para tentar honrar com o pagamento, o Santos chegou a comprometer direitos econômicos de outros atletas vinculados ao clube.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ex-Santos tornou-se ídolo no futebol japonês

Sem contrato com o Santos, Leandro Damião rodou por Cruzeiro, Real Bétis, Flamengo e Internacional entre 2015 e 2018. Sem alcançar grande sucesso em suas novas empreitadas, o atacante decidiu apostar em uma aventura dentro do futebol japonês. E a escolha se mostrou bastante acertada com o tempo.

No país asiático, o brasileiro se tornou ídolo do Kawasaki Frontale. Bicampeão da Liga Japonesa e da Supercopa do Japão, Damião já acumula 66 gols marcados e 25 assistências distribuídas em 164 partidas disputadas.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.