Daniel Alves volta a se manifestar

Dono de intensa e polêmica passagem pelo São Paulo entre 2019 e 2021, o lateral-direito Daniel Alves tornou-se “persona non grata” dentro do  Morumbi após se recusar a retornar ao clube após os Jogos Olímpicos de Tóquio. Cobrando salários atrasados, o jogador optou por rescindir seu contrato com o Tricolor na época.

Longe do São Paulo, o brasileiro viu sua carreira decair com os anos com passagens apagadas por Barcelona e Pumas, do México. Para piorar, Daniel Alves sairia das páginas esportivas para as policiais em janeiro do último ano ao ser acusado de agressão sexual a uma jovem de 23 anos em uma boate de Barcelona, na Espanha.

Em fevereiro deste ano, o agora ex-lateral enfim conheceu sua sentença por parte da Justiça do país europeu. Julgado, Daniel foi condenado a quatro anos e meio em regime fechado. Semanas após o veredito, o ex-São Paulo enfim conquistou o direito a liberdade provisória, algo que ele já havia tentado por quatro oportunidades.

Liberado da prisão, Daniel Alves voltou as páginas dos principais jornais da Espanha ao longo desta semana. Tudo graças a sua decisão de se mudar de Barcelona para Tenerife, cidade natal de sua esposa, a modelo Joana Sanz. Ele chegou a falar sobre o assunto com jornalistas após comparecer ao Tribunal de Barcelona.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Indagado sobre a mudança, o brasileiro comentou sua reconciliação com Joana e, com um sorriso no rosto, respondeu que “só existe uma vida”. A decisão do casal por deixar Barcelona teria sido tomada para ambos se afastarem do assédio midiático por parte da imprensa.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.