Daniel Alves vai receber R$ 5,4 milhões da Justiça Espanhola

Nesta segunda-feira (25), Daniel Alves deixou a prisão pela primeira vez após pagamento da fiança avaliada em 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,4 milhões). Ele se encontrava preso desde janeiro do ano passado, e agora responderá em liberdade condicional até ser julgado em segunda instância.

Ángel Vázquez, advogado com dupla licenciatura no Brasil e na Espanha, concedeu uma entrevista à CNN explicando que o valor da fiança será devolvido ao brasileiro. Mesmo se ele for condenado, o montante é uma garantia de que ele não fugirá ao Brasil, país onde a extradição de condenados não é permitida.

“A fiança vai ser devolvida posteriormente em qualquer caso, a menos que ele não cumpra as condições que foram impostas com a fiança para liberdade provisória. A antiga decisão (negar liberdade provisória) havia sido feita com base no alto risco de fuga que ele representa por conta da alta capacidade econômica”, iniciou.

A fiança é uma forma de garantir que ele deverá cumprir todas as condições impostas para sair em liberdade, como se manter a um quilômetro da vítima e se apresentar ao Tribunal semanalmente. Caso ele seja condenado, a Justiça pode alegar que ele deve fazer um novo pagamento à vítima, o valor será descontado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“A partir do momento em que ele é colocado em liberdade provisória, com medidas restritivas, como a obrigação de comparecer semanalmente ao tribunal, os julgadores entendem que o risco de fuga foi reduzido”, revelou o advogado.

De acordo com o próprio Tribunal Superior de Justiça da Catalunha, a quantia em questão foi paga às 11h30 da manhã no horário local (7h30 de Brasília). Ele saiu do Centro Penitenciário Brians II sem falar com ninguém sob protestos de pessoas que estavam presentes no local.