Daniel Alves tira carta da manga para escapar da cadeia e revela algo que ninguém sabia

Prestes a completar um ano de prisão no próximo sábado (20), o lateral-direito Daniel Alves, dono de conturbada passagem pelo São Paulo entre 2019 e 2021, apresentou um novo elemento junto à Justiça da Espanha em mais uma tentativa de conseguir sua absolvição no caso de agressão sexual a uma jovem de 23 anos em Barcelona.

De acordo com informações dos jornais espanhóis La Vanguardia e El Periódico, o jogador alegará que estaria embriagado na madrugada do dia 30 de dezembro, quando o suposto crime teria sido cometido em uma boate da cidade. A nova tentativa dos advogados de Daniel Alves busca a atenuação da pena por embriaguez.

Correndo o risco de pagar até 12 anos de prisão, o ex-São Paulo já buscou liberdade provisória por quatro oportunidades, todas negadas pela Justiça do país europeu. O esperando julgamento deve ocorrer entre os dias 5 e 7 do próximo mês. A alegação de embriaguez aparece pela primeira vez no caso.

O La Vanguardia e o El Periódico ainda afirmaram que a defesa do brasileiro buscará o testemunho de Joana Sanz, sua ex-esposa. Segundo os jornais, a modelo poderia alegar que Daniel Alves chegou em casa “muito perturbado” na manhã seguinte aos fatos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Mãe de Daniel Alves será investigada

Prestes a completar um ano de prisão no Centro Penitenciário de Brians II, Daniel Alves pode ver um outro membro de sua família responder na Justiça. Segundo o site Antagonista, a União Brasileira de Mulheres (UBM) solicitou ao Ministério Público Federal (MPF) a abertura de uma investigação criminal contra a sua mãe.

Tudo graças a ação de Maria Lúcia Alves nas redes sociais nas últimas semanas. De acordo com a entidade, Dona Lúcia teria cometido o crime de violência psicológica contra a mulher, conforme previsto no artigo 147-B do Código Penal Brasileiro. Segundo informações do Balanço Geral, ela teria exposto o nome e a foto da suposta vítima.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.