Daniel Alves recebe a melhor notícia da vida e tem só uma condição pra sair da cadeia

Nesta quarta-feira (20), o brasileiro Daniel Alves teve sua liberdade provisória aprovada ela Justiça da Espanha. Ele terá que pagar uma fiança avaliada em 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,4 milhões na cotação atual). Vale lembrar que ele está preso de maneira preventiva desde janeiro do ano passado, e recentemente foi condenado a quatro anos e meio de prisão por estupro.

A audiência foi realizada nesta terça (19), e durante a mesma, um dos fatores considerados foi que o basileiro já cumpriu um quarto da pena imposta. Logo, poderia receber o direito de esperar a decisão final em liberdade provisória. “Não vou fugir. Confio na Justiça e estarei sempre à sua disposição”, disse Daniel.

Segundo informações divulgadas pelo jornal El País, a ordem da 21ª Seção do Tribunal de Justiça de Barcelona possui alguns “poréns” para o brasileiro. Junto a fiança, ele teria que entregar seus passaportes (espanhol e brasileiro) como comprovação de que não iria fugir. Ele também deverá marcar presenças semanais no Tribunal de Barcelona.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Inés Guardiola, sua principal representante, já tinha enviado uma oferta alternativa à cadeia para as autoridades. No caso, pagaria uma fiança de  50 mil euros (R$ 273 mil), perderia seus passaportes e também se dirigiria ao juizado de forma semanal ou até diária.

Um dos três juízes acabou votando contra a liberdade provisória de Daniel Alves, assim como o Ministério Público. O argumento utilizado é que ele tem dinheiro o suficiente para conseguir fugir mesmo sem passaportes. A acusação também se mostrou contra a medida justamente por conta do risco iminente de fuga. 

Vale lembrar que todos os envolvidos no processo optaram por recorrer a sentença, que foi de quatro anos e meio. Enquanto a defesa pede a liberação e inocência do brasileiro, a vítima e o Ministério Público pedem uma pena maior, podendo chegar a 12 anos.