Daniel Alves participou de negócio de R$ 60 milhões

Apelidado de “novo Cafu”, o lateral-direito Pedro Lima acertou com o Wolverhampton, clube que disputa a Premier League. O jovem é tratado como uma das maiores promessas do futebo, brasileir, e estava quase acertado com o Chelsea, também da primeira divisão inglesa.

Por sinal, diversos clubes europeus estavam monitorando Pedro, que se tornou titular do time profissional do Sport nesta temporada. Entretanto, defende as cores do clube de Recife desde os 15 anos de idade.  

Menos de um ano no profissional foi o suficiente para ser a maior venda de um jogador de futebol do Nordeste. De acordo com informações divulgadas pelo Globo Esporte, a compra de Pedro foi avaliada em  10 milhões de euros (R$ 60 milhões).

Daniel Alves fez papel de empresário

O que poucos sabem é que um dos possíveis intermediários na negociação de Pedro para o exterior foi o ex-lateral Daniel Alves. De acordo com informações do UOL Esporte, o ex-jogador do Barcelona e da Seleção Brasileira manteve contato com os empresários do jovem e também com outros clubes. Além do Chelsea e do próprio Wolverhampton, ele estava na mira da Juventus, Barcelona, PSG, Real Madrid e Grupo City.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Vale destacar que Daniel ALves está em liberdade proviória após ter sido condenado a quatro anos e meio de cadeia por estupro cometido no final de dezembro 2022. O brasileiro pagou a fiança de 1 milhão de euros e  aguarda julgamento em segunda instância para saber spbre seu futuro.