Daniel Alves não passou por processo especial de saúde na prisão

Completando 13 meses de prisão na última terça-feira, dia 20, o ex-lateral Daniel Alves, dono de polêmica passagem pelo São Paulo entre 2019 e 2021, vive a expectativa para enfim conhecer o veredito da juíza Isabel Delgado Pérez, responsável pelo caso onde o brasileiro é acusado de agressão sexual a uma jovem de 23 anos.

Daniel Alves teria, supostamente, cometido o crime durante a madrugada do dia 30 de dezembro em uma boate de luxo localizada em Barcelona, na Espanha. No mês seguinte, ele foi preso de forma preventiva no Centro Penitenciário de Brians II. Desde então, tenta provar sua inocência no caso, que passou por julgamento neste mês.

Em entrevista exclusiva para à Record News, a advogada do jogador em território nacional, Graciele Queiroz, afirmou que ele possui acompanhamento psicológico 24 horas por dia dentro do presídio espanhol. Ela ainda deu maiores detalhes de como é a vida do ex-São Paulo na prisão, seu “lar” há mais de um ano.

“A gente sabe que o Daniel teve acompanhamento psicológico e psiquiátrico, como todos os presos. O Daniel é mais um preso lá, ele tem o direito de todos os presos. O Daniel está numa cela, que até o momento, como estou falando, não houve nenhum protocolo. Mas sim, eles colocam todos em atendimento 24 horas”, revelou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Prisioneiro relatou dia a dia de Daniel Alves

Com o veredito saindo nos próximos dias, um dos companheiros de Daniel no Centro Penitenciário de Brians II, localizado nos arredores da cidade de Barcelona, revelou detalhes do seu dia a dia em entrevista a emissora catalã Antena 3. O detento ainda afirmou que Daniel não tem esperanças de ser absolvido pela Justiça.

“Dani Alves considera o julgamento perdido. Ele sabe que ninguém vai acreditar nele”, iniciou em conversa com a jornalista Susanna Griso, do programa Espejo Público. O preso ainda concluiu dizendo que, após um longo período tentando se adaptar a cadeia, Daniel Alves mudou o seu comportamento e é querido pelos colegas.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.