Daniel Alves ficará preso pelo menos mais 20 dias

Nesta quarta-feira (7), encerrou-se o julgamento de Daniel Alves, acusado de estpor contra uma mulher de 23 anos, na Espanha. Porém, o brasileiro não deve saber o resultado da sentença, já que segundo o jornal Marca, o Tribunal de Barcelona tem 20 dias para bater o martelo e anunciar a decisão.

A juíza responsável pelo caso é Isabel Delgado Pérez, e definirá o futuro do atleta até a semana de 26 de fevereiro a 3 de março. Por enquanto, ele ficará preso no Centro Penitenciário Brians II, nos arredores de Barcelona.

O Ministério Público da Espanha solicitou nove anos de pena para o brasileiro, enquanto a defesa da vítima pede 12, a pena máxima. De qualquer forma, ele deverá ficar menos tempo na cadeia, algo em torno de cinco a seis, ainda mais por ter pago a pena de atenuante.

De acordo com informações divulgadas pelo portal Globo Esporte, a advogada do atleta pede a liberdade condicional por enquanto. Além disso, diz que ele estava alcoolizado no momento do ato sexual, outro fator atenuante. A defesa pede sua absolvição.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“É essencial avaliar o comportamento anterior para avaliar o consentimento. Havia uma atração sexual entre eles. Foi feita uma tentativa de apresentar o Sr. Alves como um perseguidor. Não é verdade e as câmeras mostraram isso”, disse sua advogada. Após a sentença da juiza, Daniel deve entrar com o recurso no Tribunal de Apelação , que nada mais é do que a segunda instância.