Daniel Alves está perto de embolsar R$ 50 milhões da Espanha

Persona non grata dentro do São Paulo após deixar o clube pela porta dos fundos em setembro de 2021, o ex-lateral Daniel Alves, hoje com 40 anos de idade, enfim conheceu seu veredito por parte da Justiça Espanhola. Acusado de agressão sexual a uma jovem de 23 anos na cidade de Barcelona, o brasileiro foi condenado no último mês.

Detido de forma preventiva desde 20 de janeiro do ano passado, Daniel foi condenado pela juíza Isabel Delgado Pérez, da 21ª Seção da Audiência de Barcelona, a quatro anos e meio em regime fechado, além de mais cinco anos de “liberdade vigiada” após o cumprimento da pena na prisão. Sua defesa promete recorrer da decisão.

Curiosamente, no mesmo dia em que recebeu a notícia de seu julgamento, o brasileiro conquistou uma “vitória” na Justiça do país europeu em outro caso que está envolvido. Processando a Agência Tributária da Espanha, Daniel Alves pode receber quase R$ 50 milhões do governo após a Justiça acatar um recurso do ex-jogador.

De imediato, o governo espanhol terá de devolver 1,2 milhão de euros (R$ 6,4 milhões) para Daniel Alves. Tal quantia havia sido retida pelo fisco do país omo impostos referentes aos pagamentos da temporada 2013-14, quando ele ainda defendia as cores do Barcelona. Segundo o UOL Esporte, existem mais cinco pedidos similares a este.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Caso vença as próximas “batalhas”, o ex-lateral do São Paulo embolsará incríveis 9,2 milhões de euros (R$ 49,4 milhões). Este valor, inclusive, será utilizado pela advogada Inés Guardiola, chefe da defesa do jogador no caso de agressão sexual, para conseguir sua liberdade. De acordo com ela, Daniel não fugirá do país rumo ao Brasil.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.