Daniel Alves está negociando com time brasileiro após sair da cadeia? Confirmado

Na última segunda-feira (29), Daniel Alves pagou a fiança de 1 milhão de euros (cerca de R$ 5,4 milhões na cotação atual), e foi liberado do Centro Penitenciário Brians II, localizado nos arredores de Barcelona.

O brasileiro teve seu pedido de liberdade condicional aceito pela Justiça da Espanha na última semana, e precisava realizar o pagamento do montante citado para aguardar em liberdade. Ele estava preso desde janeiro de 2023.

O ex-jogador da Seleção Brasileira foi condenado a quatro anos e meio de prisão por estupro cometido contra uma jovem ainda no final de dezembro de 2022, na boate Sutton, também em Barcelona. Tanto a acusação quanto a defesa do atleta recorreram à pena.

Além do pagamento da fiança, Daniel Alves terá que cumprir alguns requisitos. O primeiro deles é ficar a pelo menos um quilômetro da vítima. Ele também terá que comparecer semanalmente ao Tribunal de Barcelona.

Alegando risco iminente de fuga ao Brasil, país que não permite a extradição de condenados, a Justiça confiscou e tomou os passaportes (brasileiro e espanhol) de Daniel Alves. Ou seja, ele não poderá deixar o país.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Daniel Alves continua recebendo dinheiro do SPFC

Ou seja, Daniel não jogará em nenhuma equipe brasileira, apesar de continuar recebendo do São Paulo, dinheiro relativo a rescisão de contrato realizada em 2021 junto a algumas dívidas da diretoria do clube. 

Por sinal, o Tricolor terá que pagá-lo até 2026, mesmo caso ele seja preso de maneira definitiva nos próximos meses. São cerca de R$ 450 mil mensais, de acordo com o próprio presidente Julio Casares.

 “Todo mês, por exemplo, eu pago R$ 450 mil para o Daniel Alves, que hoje enfrenta problemas na Justiça na Espanha. Na saída dele, fizemos uma confissão de dívida e um acordo que baixou a dívida para R$ 25 milhões. Estamos pagando”, disse o mandatário.