Daniel Alves é visto triste e desanimado na Espanha: responsáveis tomaram uma medida

Segundo informações da jornalista Silvia Álamo, da TV Telecinco, a administração do Centro Penitenciário de Brians II, localizado nos arredores da cidade de Barcelona, tomou medidas com relação ao ex-lateral Daniel Alves após apresentar preocupações com as condições psicológicas do brasileiro após o julgamento.

Acusado de agressão sexual a uma jovem de 23 anos, Daniel estaria “deprimido e desanimado”, segundo relatos de um detento e de funcionários do local. Diante do fato, a administração resolveu acionar o protocolo antissuicídio “por medo de que ele se cortasse ou fizesse alguma loucura”, disse Silvia Álamo.

O ex-lateral do São Paulo foi julgado entre os dias 5 e 7 deste mês. Em três dias, quase 30 testemunhas marcaram presença nas sessões destinadas ao caso e falaram o que viram no dia do suposto estupro na casa noturna Sutton, boate de luxo que fica em Barcelona. Entre elas esteve Joana Sanz, esposa do brasileiro.

No início do primeiro dia de julgamento, a advogada Inés Guardiola afirmou que o jogador se diz vítima de um “tribunal paralelo”, feito, segundo ele, pela opinião pública. Por conta disso, a defesa pediu a anulação do julgamento, alegando que a juíza não aceitou que um segundo perito examinasse a vítima.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Confira um resumo do julgamento de Daniel Alves

  • As 28 testemunhas convocadas a depor foram indicadas para participar do julgamento tanto pela defesa quanto pela acusação.
  • Seis testemunhas prestaram depoimento na primeira sessão, entre elas, a mãe de Daniel Alves.
  • As outras 22 testemunhas falaram na terça-feira (06).
  • Na última sessão, peritos entregaram um relatório e conclusões, e a juíza responsável pelo caso ouviu Daniel Alves.
  • A juíza Isabel Delgado Pérez, que julga o caso, ficará responsável por elaborar a sentença.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.