Daniel Alves e outros famosos que foram dados como mortos falsamente

No último final de semana, um boato acerca da morte de Daniel Alves foi divulgado nas redes sociais. No rumor, o brasileiro teria sido encontrado morto em sua cela, no Centro Penitenciário Brians II, nos arredores de Barcelona.

A notícia chegou a ser circulada em alguns sites internacionais, rapidamente se espalhando não só pelo Brasil, mas também pelo mundo todo. A família do jogador tomou conhecimento dos rumores, e fizeram questão de divulgar a verdade e dizendo que não se passava de uma fake news.

“Que Deus te dê muita saúde e sabedoria meu mano velho, para suportar a crueldade dos seres humanos, que Deus tenha misericórdia da sua vida e da nossa família “, escreveu Ney Alves, irmão do atleta.

O mesmo ainda fez uma postagem de um vídeo, no qual falou sobre a condenação do atleta. Vale lembrar que ele foi julgado a quatro anos e meio de prisão por estupro.“Já condenaram o cara, ele está preso. Agora vocês querem desejar a morte, querem meu irmão morto, como assim? Quanta crueldade”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Contudo, Daniel Alves foi mais uma vítima de notícias falsas envolvendo a morte. Diversas outras personalidades já passaram pelo mesmo caso, incluindo outro brasileiro muito conhecido.

Belo

Em outubro de 2008, vazou na imprensa que o cantor Belo sofreu um acidente no Rio de Janeiro. Posteriormente, surgiram diversos rumores de que ele teria sido alvo de um assassinato. Assim que soube dos boatos, a assessoria de imprensa do músico desmentiu a informação.

Britney Spears

Outra vítima que faz parte do mundo da música foi Britney Spears. Em 2016, foram divulgadas informações de que a cantora norte-americana havia falecido, através das contas da Sony Music e de Bob Dylan, no Twitter

“Britney Spears morreu por acidente! Mais informações em breve. #RIPBritney”, dizia a mensagem publicada pela Sony. Depois, a própria empresa emitiu uma nota dizendo que foi hackeada.

Drake

O rapper candense mais um que teve sua suposta morte divulgada na internet. Em novembro de 2020, alguns usuários do Twitter começaram a postar a hashtag #RIPDrake. A mentira foi desmascarada pouco tempo depois.