Daniel Alves é colocado na Justiça: agora no Brasil

A situação de Daniel Alves está indo de mal a pior. O jogador está preso desde o dia 20 de janeiro após acusação de estupro contra uma mulher de 23 anos, na boate Sutton, em Barcelona, ainda no final do ano passado.

O atleta teve alguns pedidos de liberdade provisória negados, já que as autoridades espanholas alegaram risco de fuga iminente ao Brasil. Agora, ele aguarda julgamento, que deve ocorrer entre o final deste ano e o início de 2024. Ele deve pegar nove anos de prisão, que serão cumpridos na Espanha.

Para piorar, o brasileiot também foi acionado na Justiça do Brasil por conta de cobranças, de acordo com informações divulgadas pelo jornal O Globo. Ainda no final de outubro, a proprietário de imóvel comercial no bairro nobre Jardim América, em São Paulo, pede o valor total de R$ 83 mil do jogador.

Daniel Alves não teria pago nenhuma parcela do aluguel em questão desde março deste ano. Além das prestações do imóvel, as parcelas de IPTU também estão atrasadas, e o caso será analisado pela Justiça da capital paulista em breve.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Daniel Alves trocou de advogados e está com problemas com sua família

Em meio a todos os acontecimentos relativos ao seu caso na Espanha, Daniel Alves trocou de advogados recentemente, contratando Inés Guardiola, mulher especialista em crimes de cunho sexual. 

Além disso, ele se envolveu em uma polêmica recente com sua família. Daniel publicou um áudio de feliz aniversário para sua filha nas redes sociais, expondo a sua conta, levando a garota a receber diversos xingamentos online. A mãe da garota e ex-esposa de Daniel, Dinorah Alves, repudiou a atitude do marido em relação a filha, em entrevista ao UOL.