Daniel Alves celebra vitória na Justiça e vai receber quase R$ 17 milhões

Persona non grata dentro do São Paulo após polêmica passagem pelo clube entre 2019 e 2021, o lateral-direito Daniel Alves viu sua vida virar de cabeça para baixo em janeiro deste ano. Acusado de agressão sexual a uma jovem de 23 anos na cidade de Barcelona, na Espanha, ele está próximo de completar 11 meses de prisão no país europeu.

Se a atual situação do brasileiro não é nada fácil, com a defesa de Daniel tendo três pedidos de liberdade provisória negados pela Justiça, Daniel ganhou um “respiro” em sua vida financeira. Investigado pelo Tesouro Nacional da Espanha por uma possível sonegação de impostos, o ex-São Paulo conseguiu provar sua inocência no caso.

No último mês de novembro, a Audiência Nacional da Espanha decidiu mais uma vez a favor do jogador. Agora, Daniel Alves receberá 3,2 milhões de euros (cerca de R$ 16,8 milhões) da Fazenda espanhola após o órgão avaliar que ele declarou corretamente perante o fisco seus direitos de imagem quando jogou pelo Barcelona.

A investigação corria desde 2014, quando o lateral havia transferido seus direitos de imagem para a empresa Cedro Sports, da qual 51% de seu capital pertencia justamente a Daniel Alves, sendo os outros 49% à sua ex-mulher Dinorah Santana Da Silva. A Agência Tributária considerou que os lucros obtidos deveriam ter sido taxados.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.