Cria do São Paulo jogou a camisa do Inter no chão e mandou a torcida pra aquele lugar

Revelado nas divisões de base do São Paulo, o lateral-esquerdo Fabrício, hoje com 37 anos de idade, roubou a cena durante o início da temporada de 2015. Em partida atrasada do Campeonato Gaúcho no mês de abril, o jogador se irritou profundamente com as vaias vindas das arquibancadas e acabou expulso após xingar os torcedores.

Completamente fora de si, Fabrício ainda brigou com companheiros de equipe e jogou a camisa do Internacional no chão antes de sair do gramado do Beira-Rio. Ele ainda proferiria mais alguns xingamentos antes de entrar nos vestiários do estádio aos gritos de “Eu vou embora”. Relembre:

E ele realmente iria. Sem clima e afastado pela diretoria do Colorado, o lateral acabaria negociado com o Cruzeiro semanas depois. Hoje sem clube, Fabrício ainda defendeu as cores de Palmeiras, Athletico Paranaense, Vasco, Vitória, Água Santa, Portuguesa e União Cacoalense.

Anos depois, o jogador revelou se arrepender do episódio: “Fiz m, uma grande m. Eu nem perdi a bola. Eles (torcedores) chiaram e fiz os gestos no momento. Eu ia bater a lateral e veio a expulsão. Quando estava saindo, chegam Juan, Jorge Henrique. Eu só ia tirar a camisa, estava sem graça. Aí já tinha feito a m*”.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Natural da capital paulista, Fabrício sequer atuou entre os profissionais do São Paulo após rápida passagem por Cotia. Ele só encontraria sua primeira oportunidade entre os profissionais com a camisa do Bragantino. Antes de se transferir para o Inter, passaria ainda por Corinthians, Ituano, Rio Branco-SP, Monte Azul e Portuguesa.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.