Cria do São Paulo é afastado por tempo indefinido

Depois de defender o Brasil na Copa do Mundo de 2022 e se tornar uma das contratações mais caras da história do Manchester United, a situação de Antony passa longe de ser boa. O atleta criado e formado nas categorias de base de Cotia vem enfrentando acusações de violência doméstica contra sua ex-namorada, Gabriel Cavallin, além de mais outros dois processos de outras mulheres.

Ciente da situação do jogador, o Manchester United optou por divulgar um comunicado oficial no último domingo (10), anunciando o afastamento de Antony por tempo indeterminado.  Ele sequer treinará com a equipe até que as investigações sejam resolvidas.

“O Manchester United reconhece as acusações feitas contra Antony. Os jogadores que não participaram de partidas internacionais voltam aos treinos na segunda-feira. No entanto, foi acordado com Antony que ele adiará o seu retorno até novo aviso, a fim de responder às acusações. Como clube, condenamos atos de violência e abuso. Reconhecemos a importância de salvaguardar todos os envolvidos nessa situação e reconhecemos o impacto que essas alegações têm sobre os sobreviventes de abusos”, divulgou o clube inglês.

Através de suas redes sociais, o brasileiro não ficou em silêncio e também divulgou uma nota oficial, revelando que está de acordo com a atitude dos Red Devils. Novamente, ele reiterou que é inocente.

 “Concordei com o Manchester United em tirar um período de ausência enquanto lido com as acusações feitas contra mim. Essa foi uma decisão mútua para evitar distrações aos meus companheiros e polêmicas desnecessárias para o clube. Quero reiterar minha inocência em relação às coisas de que fui acusado e vou cooperar completamente com a polícia para ajudá-la a chegar à verdade. Estou ansioso para voltar a jogar o mais rápido possível”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Antony foi cortado da Seleção Brasileira

Como se não bastasse a situação com o Manchester United, Antony foi cortado da última lista do técnico Fernando Diniz, para as partidas pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026. O Brasil venceu a Bolívia por 5 a 1, e encara o Peru na noite desta terça-feira (12), às 23h, em Lima.

No lugar do ex-jogador do São Paulo, Fernando Diniz optou por convocar o atacante Gabriel Jesus, que defende o Arsenal, também da Inglaterra.