Cria do São Paulo é afastada

Denunciado por agressão física por sua ex-namorada, a DJ e Influencer Gabriela Cavallin, o meia-atacante Antony vive dias nebulosos dentro do Manchester United. Mesmo de volta a Inglaterra para prestar depoimento à polícia do país, o ex-São Paulo permanecerá afastado do elenco comandado pelo holandês Erik Ten Hag.

A informação é do conceituado jornal inglês The Sun. Afastado desde o dia 10 de setembro, quando se preparava para se apresentar a Seleção Brasileira, Antony permaneceu no Brasil para depor parar a polícia de São Paulo. No entanto, o caso também segue sob investigação de autoridades da cidade de Manchester.

Por esta razão, a cria do São Paulo retornou para a cidade onde vive desde agosto do ano passado. De acordo com o The Times, Antony se mostrou disposto a entregar o celular para cooperar com as investigações. Durante a última terça-feira, dia 26, o brasileiro foi fotografado no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

DJ entregou celular para a Polícia Civil

Segundo informações da jornalista Maria Fernanda Ramos, da Itatiaia, a DJ Gabriela Cavallin, que acusa Antony de agressão física, entregou voluntariamente o celular para a Polícia Civil de São Paulo. Agora, caberá a perícia policial determinar se houve qualquer adulteração ou edição nos prints de conversas do antigo casal.

De acordo com o jornal Extra, o caso ainda tem mais duas novas testemunhas: Brenda Tereza Gondacki, melhor amiga de Gabriela, e um motorista. Ambos teriam visto inúmeras brigas entre ela e Antony ao longo dos meses de relacionamento.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.