Cria do São Paulo dá uma de gênio na segundona inglesa e vai render milhões ao Tricolor

O São Paulo é um dos clubes que mais aproveita os jovens criados e formados em suas categorias de base. O Tricolor tem isso em seu DNA, e sempre busca dar chances às crias de Cotia. Eles acabam beneficiando o clube tanto dentro de campo quanto no âmbito financeiro, através de grandes vendas para o futebol europeu.

Um dos jogadores provenientes da base que vem brilhando na Europa é Gabriel Sara, do Norwich City, que disputa a segunda divisão inglesa. Em seu segundo ano pelo clube, o brasileiro vem se tornando o principal atleta da equipe comandada pelo técnico David Wagner.

Sara acumula 43 partidas disputadas na temporada, com 11 gols marcados e mais 12 assistências. O atleta se colocou entre os melhores jogadores do torneio e atrai interesse concreto de clubes da Premier League (primeira divisão inglesa) e também de outros clubes da Europa.

Observado por clbes europeus, Sara pode ajudar a estabilizar a situação financeira do SPFC

 Quem pode se beneficiar com a possível transferência de Sara é o São Paulo. Isso porque o Tricolor fechou um acordo com o Norwich em 2022 por R$ 55 milhões. Contudo, sabendo do potencial do jovem, a diretoria paulista colocou uma condição especial no negócio.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O São Paulo tem direito a 10% da mais valia do meio-campista, ou seja, o clube tem direito a uma porcentagem do valor que superar 9 milhões de libras, cerca de R$ 57 milhões no câmbio atual.Além disso, o SPFC ganhará mais uma fatia por ser o clube formador do atleta, através do mecanismo de solidariedade da Fifa