Cotia fica pra trás e São Paulo tem a 9º base mais efetiva do Brasil

Conhecido mundialmente pelo ótimo aproveitamento com as categorias de base, Cotia não foi bem aproveitada pelo São Paulo em 2023. Apesar do gol do título da Copa do Brasil ter saído dos pés de Rodrigo Nestor, cria da base, os clubes que mais formaram atletas relacionados para partidas oficiais da Série A em 2024 foram Flamengo, Fluminense e Grêmio

De acordo com informações divulgadas pelo Globo Esporte, 55 jogadores formados na base dos clubes citados atuaram em duelos da primeira divisão. Um dos exemplos é o lateral-esquerdo Marcelo, multicampeão pelo Real Madrid que agora defende as cores do Fluminense.

Na segunda rodada do Campeonato Carioca, a média de idade no Campeonato Carioca do Flamengo foi de 19,8 anos. Por outro lado, a média aumentou no Campeonato Brasileiro, chegando a 26,8 anos. Tudo varia dependendo da quantidade de atletas da base que são relacionados para as partidas na temporada. 

No Fluminense, por exemplo, a média das últimas dez partidas foi de 28,8 anos. Contudo, o número durante as quatro primeiras partidas do Estadual era de 22,3 anos. O Grêmio utilizou uma estratégia diferente, já que nos primeiros cinco confrontos do Gaúchão, a média de idade era de 26,8 anos. Na decisão da Recopa Gaúcha, o número caiu para 22,4 anos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Corinthians,, Bahia, Palmeiras, Athletico-PR e Vasco seguem a lista com mais de 40 jogadores com passagem pelas categorias de base. O São Paulo ocupa a nona colocação, com 39 atletas. Apesar disso, diversos jogadores de Cotia jogam frequentemente pela equipe principal, como Nestor, Diego Costa, Welington, Moreira, Patryck, Pablo Maia, entre outros.