Corinthians rejeita parceria com São Paulo, trai a Globo e assina com concorrente

Apesar dos problemas dentro e fora de campo, o Corinthians continua visando novos acordos para aumentar ainda mais sua receita e resolver alguns problemas financeiros. Uma das questões mais faladas é em relação a venda dos direitos de transmissão das partidas.

O clube manteve conversas com a Globo e a Liga do Futebol Brasileiro (Libra) nos últimos meses, mas o presidente Augusto Melo optou por um caminho diferente para o Alvinegro.

De acordo com informações divulgadas pelo jornalista Jorge Nicola, através de vídeo divulgado em seu canal no Youtube, o Corinthians chegou a um acordo com Liga Forte União (LFU) nos últimos dias. 

“Acordo so nao foi anunciado ainda porque precisa da aprovação do Conselho de Orientação. Pacote fechado entre as partes prevendo pagamento de R$ 1,1 bilhão por cinco anos”, disse Jorge Nicola.

O valor é menor do que o esperado. Nicola disse que Augusto contou a pessoas próximas de que o montante poderia chegar a R$ 300 milhões por ano. O Alvinegro receberá algo em torno de R$ 220 milhões por temporada. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Enquanto isso, o clube tenta esclarecer as acusações de um possível esquema de repasse ilegal de dinheiro a uma empresa “laranja”, no acordo com a VaideBet. Por sinal, a casa de apostas rompeu o contrato de patrocínio máster com o clube.