Corinthians paga micão e perde jogador do clube pro Palmeiras

De acordo com informações divulgadas pelo Estadão, o Palmeiras contratou Lucas Flora, de somente 10 anos, considerado uma das maiores joias do Corinthians. O jovem, inclusive, já está sendo comparado a Endrick, que foi vendido ao Real Madrid.

O garoto começou a se destacar neste ano, através de vídeos divulgados nas redes sociais. De acordo com Claudinei Alves, diretor das categorias de base do Corinthians, o jovem recebeu uma proposta de R$ 3 mil de salário, além do mesmo montante em auxílio moradia. O clube pagaria a escola e convênio médico, totalizando algo em torno de R$ 10 mil. Depois, o Alvinegro aumentou a proposta de salário para R$ 7 mil, mas sem resposta.

“Nunca vimos uma situação dessa. O garoto é corintiano. No dia que ele foi lá (no clube) ele ficou super emocionado. Nós mostramos o projeto que íamos fazer com ele. O Corinthians agiu até onde pôde”, disse Claudinei em participação no “Podpé”, podcast do ex-jogador Marcelinho Carioca.

Situação é parecida com a trajetória de Estevão

Um dos motivos para Lucas “virar a casaca” foi o sucesso recente da base do Palmeiras. A situação é muito parecida com a de Estevão, conhecido como Messinho. Ele defendia o Cruzeiro, mas por conta de algumas divergências contratuais com o clube mineiro, acabou assinando com o Palmeiras aos 14 anos. Atualmente ele possui 17 e está praticamente vendido ao Chelsea, da Inglaterra. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Eu não paguei luvas para nenhum atleta de base, nem para os que foram no profissional. A família do Bidon queria luvas. Normal, mas me comprometi a eles que se um dia eu pagasse a alguém, eles poderiam vir aqui cobrar o milhão deles. Não podemos onerar o clube com esse tipo de despesa. (Lucas Flora) é craque? Hoje é, mas o Fabrício Oya também era”, disse o diretor alvinegro..