Corinthians faz proposta por CEO de tricolor

A sultão do Corinthians não está nada boa. Dentro de campo, o time comandado pelo técnico António Oliveira garantiu a classificação ao mata-mata da Sul-Americana, mas se encontra na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O grande problema é o que acontece fora dos gramados. 

O clube teve o patrocínio master da VaideBet rescindido após uma suspeita de desvio de dinheiro. Junto a isso, o goleiro Carlos Miguel, que se tornou titular após a saída de Cássio, pode sair rumo ao futebol inglês.

Precisando seguir em frente e colocar “ordem na casa”, o Corinthians sondou a situação de Marcelo Paz, atual CEO do Fortaleza, para cumprir a mesma função na capital paulista. A informação foi divulgada pelo portal UOL Esporte. O primeiro contato foi realizado há duas semanas. O negócio é visto como “muito complexo”, muito por conta da ótima situação do dirigente no Fortaleza. 

O presidente Augusto Melo está trabalhando em busca de um CEO. O mandatário corintiano deu uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (10) e indicou o interesse em um profissional para a área.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Desde o começo sempre fui favorável a isso. Um CEO do Corinthians tem que ser do tamanho do Corinthians. Não pode ser às pressas. Estão vendo a política forte do Corinthians”, disse Augusto Melo.

Marcelo Paz quer trabalhar na CBF no futuro

Vale destacar que Marcelo Paz é visto como um dos dirigentes mais promissores de todo o futebol brasileiro. Por sinal, o Fortaleza acabou de ser campeão da Copa do Nordeste ao bater o CRB nos pênaltis.

Em entrevista ao programa ‘Zona Mista’, do UOL, o presidente disse ao jornalista André Hernan que não descarta trabalhar na CBF (Confederação Brasileira de Futebol) futuramente. Ele disse que “ ficaria muito feliz se pudesse ter uma função permanente” na CBF.