Conmebol envia R$ 12,5 milhões ao São Paulo

Depois de ir para o tudo ou nada nas competições mata-matas, o São Paulo tirou proveito da estratégia arriscada neste ano, levantando o título da Copa do Brasil pela primeira vez em sua história. A conquista foi fundamental para o equilíbrio do caixa, uma vez que embolsou mais de R$ 70 milhões, fora bilheteria e marketing.

Contudo, além do dinheiro dado pela CBF, o São Paulo também recebeu um montante da Conmebol. Vale lembrar que o time disputou a Copa Sul-Americana nesta temporada, e em 2024, já está garantido na fase de grupos da Libertadores da América.

Na “Sula” deste ano, a equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior foi eliminada para a LDU, nas quartas de final. Depois de uma campanha perfeita na fase de grupos, o Tricolor passou do San Lorenzo nas oitavas, mas deu adeus ao torneio na fase seguinte.

Por ter parado nas quartas, a Conmebol pagou o total de R$ 12,5 milhões, representando o 11º montante dos clubes brasileiros que disputaram as competições do continente neste ano. Quem ganhou mais foi o Fluminense, campeão da Libertadores, garantindo R$ 133 milhões. Semifinalistas do mesmo torneio, Palmeiras e Internacional embolsaram R$ 40 milhões, formando o pódio.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Vice-campeão da Sul-Americana, o Fortaleza é o quarto, com R$ 31,7 milhões. Vale lembrar que a equipe caiu na pré-Libertadores, garantindo vaga na Sula. O Santos ficou em último lugar no ranking feito pelo Sambafoot, com “apenas” R$ 5 milhões embolsados 

Dinheiro recebido pelos clubes brasileiros na Libertadores e Sul-Americana

  • 1-  Fluminense (Libertadores): R$ 133,3 mi
  • 2-  Palmeiras (Libertadores): R$ 47,8 mi
  • 3 – Internacional (Libertadores): R$ 45 mi
  • 4 – Fortaleza (Libertadores e Sul-Americana): R$ 31,7 mi
  • 5 – Atlético Mineiro (Libertadores): R$ 30,7 mi
  • 6 – Corinthians (Libertadores e Sul-Americana): R$ 29,7 mi
  • 6 – Flamengo (Libertadores e Recopa): R$29,7 mi
  • 8 – Athletico Paranaense (Libertadores): R$ 29,7 mi
  • 9 – América Mineiro (Libertadores): R$ 26,8 mi
  • 10 – Botafogo (Sul-Americana): R$ 13,5 mi
  • 11 – São Paulo (Sul-Americana): R$ 12,5 mi
  • 12 – Red Bull Bragantino (Sul-Americana):R$ 9,1 mi
  • 13 – Goiás (Sul-Americana): R$ 8,6 mi
  • 14 – Santos (Sul-Americana): R$ 5 mi