Conmebol deu uma forcinha ao São Paulo para manter mística na Sul-Americana

Sonhando com o bicampeonato da Copa Sul-Americana na atual temporada, o São Paulo agora conta com um grande amuleto em seu elenco: o meia-atacante Lucas Moura. Contratado há um mês, o jogador foi um dos grandes nomes da primeira e, até aqui, única conquista do Tricolor no torneio continental em 2012.

E para manter o fascínio com o retorno do ídolo ao Morumbi 11 anos depois de levantar a taça, o clube fez uma “forcinha” nos bastidores para que Lucas utilizasse a camisa de número 7 que o consagrou naquela conquista. Inicialmente, o São Paulo chegou a temer que não conseguiria inscrevê-lo com a numeração junto à Conmebol.

Isto porque, no regulamento de suas competição, a entidade sul-americana só autoriza uma mudança de número caso o jogador inscrito posteriormente esteja no lugar do antigo dono da camisa. Assim, na teoria, Lucas Moura utilizaria a camisa de número 25, então destinada ao jovem atacante Talles Wander.

No entanto, explicando para a Conmebol a importância da camisa 7 para Lucas, além de ter entregue o número 25 para Alisson, antigo dono da 7 dentro do clube, o São Paulo conseguiu uma brecha para o ídolo. Já com a numeração, o meia-atacante anotou um importante gol na derrota por 2 a 1 para a LDU que mantém o time vivo nas quartas de final.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Atacante do São Paulo celebrou seu bom momento

Em entrevista exclusiva à ESPN, Lucas Moura desvendou o “segredo” do ótimo desempenho em seu retorno: “Principalmente os trabalhos que eu fiz nesse tempo que estive parado, agradecimento especial ao meu fisioterapeuta, que está comigo desde 2017. Nesses quase dois meses e meio que a gente ficou no Brasil, fiquei treinando muito forte”.

O ídolo ainda completou: “Só faltava mesmo o ritmo de jogo, não estava treinando com bola, mas fisicamente estava muito bem, sempre me cuidei muito na questão da alimentação. E também a minha vontade, estava louco para jogar, ainda mais voltando para o São Paulo, motivação fica ainda mais alta”.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.