Conmebol confirma que o Brasil foi prejudicado

Lutando pelo seu décimo título de Copa América, o Brasil terá um grande adversário pela frente nas quartas de final da competição. Após somente empatar por 1 a 1 com a Colômbia, em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos, a Seleção se classificou como segunda colocada da chave e enfrentará o Uruguai na próxima fase.

Mas o caminho poderia para a grande final, marcada para o dia 14 na cidade de Miami, nos Estados Unidos, poderia ser bem mais simples se não fosse por um erro do quadro de arbitragem, comandado pelo venezuelano Jesús Valenzuela. Quando o placar ainda marcava 1 a 0 para Dorival Jr. e companhia, o Brasil teve um pênalti ignorado.

O lance aconteceu aos 42 minutos do primeiro tempo e contou com uma falta clara do lateral Muñoz em Vinicius Jr. dentro da área. Sem apontar a penalidade, Valenzuela então esperou o Var. A arbitragem de vídeo levou quase dois minutos analisando a jogada até mandar a partida seguir, o que foi considerado um erro por parte da Conmebol.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Em uma disputa de bola dentro da área, um defensor não toca a bola, e, como produto da disputa, é produzido um contato imprudente para a ação. O árbitro não consegue observar a ação e deixa que o jogo continue. O VAR, em sua checagem protocolar, analisa. O VAR confirma, de maneira incorreta, a decisão original”, disse a entidade.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.