Confirmado hoje (31/01): Torcedor São-Paulino passa o trator em rivais e ri com isso

A manhã desta quarta-feira (30) foi ainda melhor para o torcedor são-paulino. O time comandado por Thiago Carpini finalmente quebrou o incômodo tabu de nunca ter vencido na Neo Química Arena. Na ocasião, o Tricolor foi a Itaquera e venceu o rival por 2 a 1, com gols marcados por Calleri e Luiz Gustavo.

Agora, o Tricolor foca na decisão da Supercopa do Brasil, marcada para este domingo (4), a partir das 16h. O SPFC enfrenta o Palmeiras, no Mineirão, em Belo Horizonte, e pode começar o ano com um troféu logo de cara.

A temporada do São Paulo vem sendo, de maneira geral, muito positiva. Havia um temor de grande parte dos torcedores após a saída de Dorival Júnior que aceitou o convite da CBF para comandar a Seleção Brasileira

Apesar de ser bastante jovem para o cargo (39 anos), Thiago Carpini demonstrou calma, inteligência e sabedoria em suas espinhas até aqui. O SPFC está invicto no Paulistão, e acumula três vitórias e um empate. É o líder do grupo com 10 pontos conquistados. Marcou sete gols e sofreu três.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Situação dos rivais

Por outro lado, os rivais passam por momentos turbulentos. O Palmeiras, que apesar de também estar bem no Estadual, convive com o imbróglio com a WTorre, administrador do Allianz Parque. O gramado sintético do estádio vem dando o que falar, e o próprio Abel Ferreira fez duras críticas ao estado do campo.

Apesar de ter vencido na estreia, o Corinthians está em crise. O time comandado por Mano Menezes perdeu os últimos três jogos (Ituano, São Bernardo e SPFC), além de ter dado adeus a marca de jamais ter perdido para o Tricolor na Neo Química Arena. Para piorar, o clube tem dificuldades nos bastidores, e está sofrendo para contratar reforços até aqui.

Por fim, a pior situação é a do Santos. Apesar de também estar bem neste Paulistão, tendo perdido apenas para o Palmeiras, a equipe acabou de ser rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro. Para piorar, as receitas serão ainda menores neste ano, já que o time não se classificou para a Copa do Brasil.