Comportamento de Fernando Diniz assustou atletas da Seleção Brasileira

Dono de intensa passagem pelo comando técnico do São Paulo entre 2019 e 2021, Fernando Diniz surpreendeu os apaixonados por futebol ao topar assumir, de forma interina, o posto de treinador da Seleção Brasileira em julho do ano passado. A aposta da CBF no comandante do Fluminense, no entanto, não deu certo.

Somando apenas seis partidas à frente da Canarinho, Diniz acabaria demitido do cargo após acumular três derrotas seguidas para Uruguai, Colômbia e Argentina, esta em pleno Maracanã. Substituído por Dorival Jr. no início do ano, o técnico agora se dedica única e exclusivamente ao seu trabalho pelo clube carioca.

Atual campeão da Copa Libertadores, Diniz continuou elogiado pela forma como monta suas equipes mesmo com a queda na Seleção. Em recente entrevista, o atacante Matheus Cunha, do Wolverhampton, da Inglaterra, chegou a revelar que os jogadores tiveram medo do estilo explosivo do técnico, mas que foram surpreendidos depois.

“Nós imaginamos que ele fosse um cara um pouco mais bravo, com as palavras um pouco mais duras. Quando ele chega e fala de forma tão humana, a gente fica muito mais motivado. A gente tem sentimentos para colocar em campo que em alguns momentos nós não tínhamos. É algo que nos faz crer mais naquilo”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Relembre os jogos de Fernando Diniz pela Seleção

  • 08/09/23 – Brasil 5 x 1 Bolívia – Mangueirão
  • 12/09/23 – Peru 0 x 1 Brasil – Nacional do Peru
  • 12/10/23 – Brasil 1 x 1 Venezuela – Arena Pantanal
  • 17/10/23 – Uruguai 2 x 0 Brasil – Centenário
  • 16/11/23 – Colômbia 2 x 1 Brasil – Roberto Melendez
  • 21/11/23 – Brasil 0 x 1 Argentina – Maracanã
  • 6 partidas; 2 vitórias, um empate e três derrotas
  • Aproveitamento de apenas 38,8%

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.