Como estão os jogadores do São Paulo que foram emprestados em 2024?

Garantido na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2024 após o inédito título da Copa do Brasil na última temporada, o São Paulo tratou de ser um dos clubes que mais movimentaram o mercado de transferências. Ao todo, seis reforços desembarcaram no CT da Barra Funda entre os meses de dezembro e março.

Contratado para o lugar de Dorival Jr., agora técnico da Seleção Brasileira, Thiago Carpini ganhou as chegadas do zagueiro Sabino, dos volantes Luiz Gustavo e Damián Bobadilla, além dos atacantes André Silva, Erick e Ferreirinha. Mas o Tricolor também viveu de saídas. Entre elas, de 10 atletas emprestados pelo clube.

Confira um resumo da situação dos emprestados:

  • Arthur Dória – Goleiro, 20 anos: Ainda não atuou pelo Botafogo-SP.
  • Ythallo – Zagueiro, 19 anos: Cria de Cotia, o jovem não estreou pelo Toronto FC, do Canadá.
  • Raí Ramos – Lateral, 29 anos: Contratado pelo São Paulo após bom Campeonato Paulista pelo Ituano, o jogador não repetiu o mesmo desempenho no Morumbi e foi cedido ao Ceará. Por lá, já são 14 jogos disputados e três gol marcados.
  • Orejuela – Lateral, 28 anos: Primeira contratação da “era Julio Casares”, o colombiano nunca emplacou com a camisa do São Paulo e soma seu quarto empréstimo seguido, desta vez para o Medellín. Em 2014, ele soma 12 partidas.
  • Liziero – Volante, 26 anos: Cedido ao desconhecido Yverdon, da Suíça, Liziero tem sido constantemente titular em seu novo clube e tem boas chances de permanecer na Europa. Na atual temporada, já são 22 jogos disputados.
  • Jhegson Mendez – Volante, 26 anos: O equatoriano ainda não estreou pelo Elche, da Espanha.
  • Gabriel Neves – Volante, 26 anos: Emprestado ao gigante Independiente, da Argentina, o uruguaio tem atuado com mais frequência após passar meses no banco de reservas do São Paulo. Elogiado, Neves soma 10 jogos e um gol.
  • Luan – Volante, 24 anos: Último dos emprestados pelo São Paulo, o “made in Cotia” estreou com a camisa do Vitória no fim do último mês e espera retomar o bom futebol no clube baiano.
  • Pedrinho Vilhena – Meia, 22 anos: Cedido ao Sport Recife, o meia formado nas divisões de base do Tricolor tem perdido espaço por questões física após somar nove participações no início da temporada.
  • Stevanato – Atacante, 20 anos: O jovem conta com apenas um jogo pelo Hercílio Luz.

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.