Clube bilionário atravessa o São Paulo e encaminha chapéu por volante

Visando a conquista da Libertadores da América deste ano, o São Paulo fez algumas movimentações no mercado da bola.  A ideia da diretoria é montar um time forte para disputar todas as frentes e, claro, se tornar o primeiro clube brasileiro a levantar a competição sul-americana em quatro oportunidades. 

De olho em novos talentos do mercado nacional, já que a janela de transferências se abriu (do dia 1° ao 19) apenas para atletas que tenham disputado os estaduais, o Tricolor está interessado em um atleta.

Trata-se do meia Caíque, do Juventude, um dos destaques da equipe nesta temporada. O time, por sinal, eliminou o Internacional na semifinal em pleno Beira-Rio, e agora disputou o troféu contra o Grêmio.

O Tricolor do MorumBis chegou a ficar muito próximo de um avanço nas negociações com o clube gaúcho, mas as mesmas deram uma estagnada. Diante disso, outro clube brasileiro decidiu atravessar as conversas e contratar Caíque.

De acordo com informações divulgadas pelos jornalistas Venê Casagrande e Lucas Pedrosa, o Vasco enviou uma oferta oficial por Caíque. O time pretende desembolsar cerca de R$ 2 milhões pelo atleta de 28 anos de idade. O valor será pago pela 777 Partners, empresa bilionária que adquiriu a SAF do clube recentemente. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Tricolor quer um lateral-esquerdo

Mapeando o mercado, o São Paulo também busca a contratação de um lateral-esquerdo. Isso porque Welington, titular absoluto do time, não deve renovar seu contrato, deixando o MorumBis a custo zero ao final da temporada. Enquanto isso, o jovem Patryck ainda não parece pronto para assumir a condição entre os onze iniciais.