César Menotti solta o verbo sobre Di María

César Luis Menotti acabou soltando o verbo e falou tudo aquilo que pensa em relação ao atacante Ángel Di María, ídolo da Seleção Argentina. O jogador é um dos grandes nomes dos últimos anos dentro da Albiceleste e isso não é novidade para ninguém, principalmente depois de tudo que ele acabou fazendo durante a última Copa do Mundo disputada.

Em uma última dança com Lionel Messi, o atacante se tornou um dos atletas mais importantes da história da Argentina, marcando gol na final e contribuindo com a campanha, mesmo não estando em seu melhor estado físico. Com tudo que fez, tem quem ache que ele ainda precisa de mais reconhecimento do que aquilo que recebe ou recebeu durante a carreira.

César Luis Menotti, o primeiro treinador que conseguiu levar a Seleção Argentina ao título mundial, em 1978, acabou aparecendo em entrevista no Olé, onde destacou as qualidades e se rendeu a Di María e seu legado. “Ángel é o meu jogador preferido. Já o disse muitas vezes em Rosário: para mim é um menino de uma generosidade tremenda”, começou.

César Menotti fala tudo sobre Di María

Segundo ele, o atacante chegou a ser tratado com “desrespeito” por conta da falta de reconhecimento que tinha anteriormente. “Ele foi tratado com desrespeito, sem nenhum reconhecimento quando para mim era a figura da Seleção Argentina. Jogou melhor que todos. Com seu caráter e esse rosto, é uma alegria ser reconhecido”, declarou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Posteriormente César Menotti ainda acabou reforçando a importância de reconhecer o craque. “Para mim, Di María tem tanta importância em nossa história que me machucaria muito se ele não fosse reconhecido por tudo que fez. Ele nunca vendeu fumo, nunca, nunca… Tenho muito apreço por ele. que eu não tenho relacionamento com ele”, completou o treinador.