Ceni confirmou novo contrato, acertou com clube e vai receber muito dinheiro

Depois de sua passagem pelo São Paulo, na qual alcançou duas finais, Rogério Ceni foi escolhido para comandar a equipe do Bahia, recentemente comprada pelo Grupo City. O ex-goleiro assinou um vínculo até o final de 2024.

Ele possui a confiança da cúpula e teve carta branca para fazer as alterações necessárias no time, que estava muito ameaçado de queda para a Série B no final do ano passado. Depois de conseguir a permanência, o clube começou a investir em reforços e espera brigar na parte de cima na tabela do Campeonato Brasileiro.

A escolha de aceitar o projeto do Bahia se mostrou certa, pelo menos no lado financeiro. De acordo com informações divulgadas pelo jornalista Jorge Nicola, a comissão técnica de Ceni recebe cerca de R$ 1 milhão por mês. Ele se tornou um dos técnicos que mais embolsa no país, atrás de Abel Ferreira, Tite e Renato Gaúcho.

Além do próprio Bahia, Ceni atraiu interesse de outras equipes do Brasil como Vasco, Cruzeiro, Santos, América Mineiro e até o Flamengo, que buscava um novo nome depois da saída de Jorge Sampaoli. Também foi sondado por clubes do México.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Temporada atual do Bahia

Apesar de toda a expectativa, o Bahia não conseguiu erguer a taça do Campeonato Baiano. O time perdeu o caneco para o Vitória, justamente seu maior rival. Mesmo em meio a críticas da torcida, ele segue sendo respaldado pela diretoria.

Começou com derrota para o Internacional, fora de casa, neste Brasileirão. Venceu o Fluminense, na Arena Fonte Nova, e empatou em 2 a 2 contra o Vitória, no Barradão. A equipe está em nono lugar com quatro pontos.