CBF teria que dar explicações; Daronco se atrapalhou, e se não fosse isso, o SPFC podia perder a taça

Neste domingo (17), o São Paulo saiu do Rio de Janeiro com um importante resultado no primeiro jogo da final da Copa do Brasil. Com o único gol de Calleri, ainda no primeiro tempo, o Tricolor bateu o Flamengo por 1 a 0, e abre uma importante vantagem na decisão.

A equipe comandada pelo técnico Dorival Júnior finalmente conseguiu vencer longe de casa, justamente quando mais precisou durante a temporada. De um modo geral, conseguiu impor seu estilo de jogo e foi melhor do que o adversário em momentos do jogo, mesmo atuando frente a um Maracanã lotado.

Apesar do bom desempenho, a torcida são-paulina levou um susto durante a bola rolando. Isto porque aos 36 minutos do primeiro tempo, o zagueiro Lucas Beraldo e o meia Alisson disputaram uma bola com o atacante Pedro.

O árbitro Anderson Daronco sinalizou falta, e deu o cartão amarelo ao jovem de 19 anos, o deixando suspenso para o segundo jogo da final, já que estava pendurado. Neste momento, os tricolores já estavam no substituto, sendo Alan Franco e Diego Costa as escolhas óbvias de Dorival.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Todavia, o VAR foi acionado e disse à Daronco que quem havia cometido a infração foi Alisson, retirando a pensão de Beraldo e dando o cartão ao meia. Ou seja, Beraldo deverá ser titular na volta.

Jogadores não tomam amarelo e devem ser titulares na partida de volta contra o Flamengo

Além do zagueiro, o Tricolor contava com outros cinco jogadores que não podiam tomar mais um cartão: Rafinha, Pablo Maia, Rodrigo Nestor, Luan e Wellington Rato. Nenhum foi punido e devem jogar a partida que pode dar o primeiro título da competição ao SPFC.

Jogando pelo empate, o São Paulo recebe o Flamengo no domingo (24), às 16h, no Morumbi. Caso perca por um gol de diferença, o campeão será decidido através de uma disputa de pênaltis. Em caso de derrota por dois ou mais gols de diferença, o Flamengo levantará o bicampeonato da Copa do Brasil.