CBF não tem pena e prejudica o São Paulo contra o Corinthians

No próximo domingo (16), o São Paulo vai a Itaquera para enfrentar o Corinthians, às 16h, na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro. O Tricolor pode buscar a segunda vitória na casa do adversário depois da quebra do tabu no começo deste ano.

E mesmo faltando uma semana para o confronto, os são-paulinos já demonstram suas insatisfações com a CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Isso porque o calendário da equipe comandada pelo técnico Luis Zubeldía é mais complicado em relação ao rival.

O Tricolor entra em campo na quinta-feira (13), às 20h, diante do Internacional, pelo Brasileirão. Como o Beira-Rio ainda não tem condições de receber partidas por conta das enchentes no Rio Grande do Sul, o duelo será disputado no Heriberto Hülse, em Criciúma.

Já o Corinthians entra em campo somente na terça-feira (11), contra o Atlético-GO, em Goiânia, às 19h, também pelo torneio nacional. Ou seja, o Alvinegro terá mais tempo de descanso e de preparação.

Vale destacar que o SPFC já estava irritado com a entidade depois da mesma marcar três partidas seguidas do Tricolor em segundas-feiras. O ideal era uma mescla e, pelo menos, um jogo de final de semana.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Situação de SPFC e Corinthians no Brasileirão

Depois da vitória contra o Cruzeiro, o São Paulo foi para o quarto lugar na tabela do Campeonato Brasileiro. O Tricolor tem 13 pontos, um a menos do que o líder Flamengo. A equipe paulista soma quatro vitórias, um empate e duas derrotas, sendo que a última delas ocorreu em 17 de abril, no Maracanã, justamente para o Rubro-Negro. Thiago Carpini ainda era o comandante.

O Alvinegro busca uma recuperação no campeonato, já que está em 17° lugar e soma somente cinco pontos. A equipe acumula uma vitória, dois empates e mais quatro derrotas até o momento.