CBF mudou de ideia e resolveu tirar títulos nacionais do Palmeiras

Atual bicampeão do Brasileirão, o Palmeiras se orgulha em ser o maior campeão do principal torneio do país com 12 conquistas, quatro delas reconhecidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em 2010. Além disso, o clube ainda é tetracampeão da Copa do Brasil e ostenta os títulos da Copa dos Campeões e da Supercopa.

Este último, no entanto, poderia render ainda mais troféus para o Alviverde se não fosse uma interferência história da entidade máxima do futebol brasileiro. Após criar o torneio, que reúne os campeões do Brasileirão e da Copa do Brasil, em 1990, a CBF optou por não realizar a competição entre 1992 e 2019.

Neste sentido, o Palmeiras foi “impedido” de ir atrás do título da Supercopa por sete oportunidades: 1993, 1994, 2016 e 2018, quando foi campeão do Brasileirão, e 1998, 2012 e 2015, quando levantou o troféu da Copa do Brasil. Sem atuar no torneio, o Alviverde só estrearia na Supercopa do Brasil em 2021, perdendo para o Flamengo.

Dois anos depois, o clube daria o troco no rubro-negro e, enfim, levantaria seu primeiro título do torneio. Já na atual temporada, o Palmeiras voltou a decidir a Supercopa, mas acabou superado pelo São Paulo. Nos pênaltis, o Tricolor levou a melhor na decisão disputada no Mineirão.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Relembre as decisões da Supercopa do Brasil

  • 1990: Grêmio 2 x 0 Vasco da Gama – Estádio Olímpico/RS
  • 1991: Corinthians 1 x 0 Flamengo – Morumbi/SP
  • 2020: Flamengo 3 x 0 Athletico – Mané Garrincha/DF
  • 2021: Flamengo 2 (6) x (5) 2 Palmeiras – Mané Garrincha/DF
  • 2022: Atlético-MG 2 (8) x (7) 2 Flamengo – Mané Garrincha/DF
  • 2023: Palmeiras 4 x 3 Flamengo – Mané Garrincha/DF
  • 2024: São Paulo 0 (4) x (2) 0 Palmeiras – Mineirão/MG

Por fim, se curtiu a matéria não deixe de acessar com frequência o Portal do São Paulino.