CBF decide não comprar briga com o Palmeiras e libera: SPFC é informado

Criticado publicamente por jogadores, treinadores e dirigentes, o gramado do Allianz Parque passará por uma reforma nos próximos dias. Ainda não há uma data estipulada para o fim do processo.

Segundo informações divulgadas pelo UOL Esporte, a CBF acredita que a Fifa irá liberar o campo para ser utilizado na temporada de 2024. O local receberá, além de shows, um alto número de partidas válidas pelo Paulistão, Copa do Brasil, Brasileirão e Libertadores da América.

A CBF entende que não tem autonomia para vetar ou não o gramado sintético, já que ele é certificado e permitido pela Fifa. Ainda segundo a mesma fonte citada, a WTorre acredita que a entidade irá analisar o campo em março.

Se a Fifa der o aval, a CBF não irá intervir na decisão para receber partidas nacionais. A única responsabilidade da federação brasileira é fazer uma análise de gramados naturais. No futebol internacional, as ligas são as responsáveis pela análise dos campos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No caso do Allianz Parque e do Palmeiras, a WTorre, que administra o local, optou pela manutenção da empresa Soccer Grass para realizar a reforma do gramado do estádio, mesmo após a ruptura do clube com a mesma para o campo do CT.