CBF dá OK e São Paulo pode anunciar mais um reforço nas próximas horas

Depois de muitos pedidos, o Campeonato Brasileiro de 2024 terá uma mudança importante em seu regulamento. Nesta terça-feira (5). a CBF se reuniu com os 20 clubes da Série A, e aprovaram, por unanimidade, a mudança no número de jogadores estrangeiros relacionados por partida. Além disso, as equipes poderão treinar nos gramados sintéticos dos adversários.

Agora, nove jogadores não nascidos no Brasil poderão entrar em campo pelos times. No ano passado, o limite de gringos já havia sofrido uma mudança, saindo de cinco para ste atletas.

A Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf) se mostrou contra a mudança no futebol brasileiro, e chegou a enviar um documento mostrando que existem mais de 140 atletas estrangeiros nas duas primeiras divisões do Brasileiro.

“Importante o aumento de estrangeiros, nós trabalhamos fortemente nisso. E a questão do gramado sintético, ficou definido que o Conselho Nacional de Clubes fará estudos para definir melhor a padronização dos gramados”, disse Alessandro Barcellos, presidente do Internacional, em entrevista ao Globo Esporte.

Em relação aos gramados sintéticos, as equipes que mandam os jogos em campos desta natureza terão que liberar os adversários para utilizarem o campo um dia antes do duelo. A regra só valerá para o Brasileirão e, por hora, não foi incluída na Copa do Brasil.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Dito isso, o São Paulo tem a possibilidade de fazer mais uma contratação,seja nesta janela de transferências, que fecha nesta quinta-feira (7), ou na do meio do ano. Isso porque a diretoria não podia contratar mais nenhum estrangeiro por conta do limite. Mas com o aumento, sobra mais uma vaga para atletas que se enquadram neste tipo.

Confira os jogadores estrangeiros do SPFC

  • Alan Franco (Argentina)
  • Nahuel Ferraresi (Venezuela)
  • Robert Arboleda (Equador)
  • Damián Bobadilla (Paraguai)
  • Giuliano Galoppo (Argentina)
  • James Rodríguez (Colômbia)
  • Michel Araújo (Uruguai)
  • Jonathan Calleri (Argentina)